+351 222 427 085

AVENIDA DA REPUBLICA 1328, VILA NOVA DE GAIA

+351 222 427 085

AVENIDA DA REPUBLICA 1328, VILA NOVA DE GAIA

A HISTÓRIA DA PINSA ROMANA

Por que se chama Pinsa?

Você sabia que o termo Pinsa vem do latim “Pinsere” que em italiano significa esticar?

A História, onde tudo començou

A que nos chamamos Pinsa, sempre partence á família da pizza, mas as origens são diferentes. Naceu no interior, entre as populações camponesas, na província de Roma alguns séculos atrás. A que podemos experimentar hoje é uma reinterpretação da receita antiga que foi refinada graças às matérias-primas, ingredientes e técnicas de processamento de hoje. A pinsa na época romana era temperada só com sal, azeite e ervas, hoje encontramos várias combinações de ingredientes que vêm de todas as regiões da Italia.

Como reconhecer a verdadeira Pinsa Romana?

  • Da característica forma oval
  • Fragrância ( crocante por fora e macio por dentro, devido as 72h de maturação)
  • Digestibilidade (graças á combinação de farinhas, a fermentação e ao alto teor de água)
  • As farinhas utilizadas (milho, soja e arroz)

Diferenças entre Pizza Napoletana e Pinsa Romana

  1. A Pizza Napoletana tem as bordas macias em vez da Pinsa Romana que têm as bordas crocantes.
  2. A Pinsa Romana tem menos calorias e fica mais leve, devido ao alto teor de agua na massa (80%).
  3. A Pizza Napoletana é feita só com farinha 00 ou 0 em vez da Pinsa Romana que é feita com três farinhas diferentes (milho, soja e arroz) e pode ser feita só com essas farinhas para ser considerada Pinsa Romana.
  4. A Pinsa Romana tem 72 horas de maturação.
  5. A Pinsa Romana deve ser estritamente esticada á mão.

Lascia un commento

Il tuo indirizzo email non sarà pubblicato. I campi obbligatori sono contrassegnati *

Social Media Widget Powered by Acurax Web Development Company
Visit Us On FacebookVisit Us On Instagram